• Redator do Blog

Como gerar conteúdos interativos e aumentar a audiência em 46%?

Atualizado: 6 de abr.



Enquanto canal de networking, o LinkedIn manteve no imaginário coletivo a aura intocável de um ambiente extremamente corporativo, em que os conteúdos pareciam, necessariamente, estar alinhados a uma mensagem sisuda e repleta de normas e imposições.


Acontece que, após um período de autoanálise e de redefinições sobre o discurso da marca, fomos convidados a entrar em uma jornada afirmativa e estratégica que direcionou o nosso trabalho para um olhar focado na identificação com os seguidores, reforçando o jeito próprio do banco de dialogar com os brasileiros – algo já bem estabelecido no discurso da marca em outras redes sociais.


Pontapé!


Em abril de 2021, recebemos o direcional estratégico que iria redefinir o perfil dos conteúdos e os próprios objetivos do banco para com este canal. Uma marca empregadora, que valoriza a diversidade, que impulsiona carreiras e principalmente, que está conectada com a tecnologia.


Deixamos de lado os posts diários que canibalizavam conteúdos importantes e iniciamos um cronograma com até quatro publicações semanais. Entendemos que os formatos deveriam passar por uma atualização com base em uma análise de performance e uma necessidade de diversificação.


E por falar em formatos...


Com a maestria e envolvimento do time de Marketing e Conteúdo, trabalhamos em quatro mãos - analistas, redatores e designers - em um conteúdo que fosse mais atraente, provocativo e que entregasse, de fato, editorias úteis para a audiência do Banco PAN no LinkedIn.


Vamos de resultados!


Foi assim que viramos a chave no final de julho de 2021. A diversificação dos conteúdos pautados pelo Banco PAN fomentaram uma interação com o público com picos de 79% da base. Ao final de dezembro de 2021, o LinkedIn do Banco PAN já havia aumentado em 46% a base de novos seguidores com posts de sucesso na casa dos 1 milhão de impressões.


69 visualizações0 comentário