top of page
  • Foto do escritorTingle

CASE: Como criar autoridade para uma marca B2B no LinkedIn, do zero

Cases de marketing business to business geralmente escondem alguns desafios.


O primeiro é a construção de uma audiência nichada, seja pelo perfil demográfico ou pelos interesses comerciais, seja pelos canais em que esse público está mais presente e acessível ou principalmente, pela força que a relação B2B tem de uma marca para com a outra. Mas quando fomos convidados para olhar para a estratégia de comunicação da Positivo Soluções em Pagamentos, identificamos um grande potencial não apenas por ser uma marca de um grupo forte e próspero, mas por já nascer como a maior fábrica de hardware para meios de pagamento da América Latina.

Desafio Como uma área de negócios jovem e com foco totalmente concentrado na expansão comercial, concentramos energia em reforçar a identidade visual com um facelift nos assets do brandguide, bem como trazer uma linguagem visual mais contemporânea e proprietária, dialogando com outras marcas parceiras no ramo de software e adquirentes, trazendo comunicação fresh alinhada às estratégias B2C. No momento seguinte, iniciamos um planejamento de comunicação que integrava não apenas as primeiras estratégias para criar pontos de contato do zero, como o LinkedIn e a newsletter mensal, mas também levamos uma visão sobre o posicionamento da marca, seu tom de voz e aspirações para atuar em momentos chave de expansão.


Resultados O resultado desse trabalho continua a cada nova fase das estratégias de conteúdo e e-mail marketing estabelecidas em sintonia com as movimentações do time comercial e de produtos. Até aqui, ajudamos a aumentar em mais de 300% o número de seguidores qualificados no segmento B2B no LinkedIn, +15% em engajamento com a página e aumento da visualização da página em 1.200% e aumento nas reações em 471% e também nas interações comerciais em mais de 166% direto no site.


E que venham mais negócios e oportunidades para essa marca tão representativa no cenário latino americano. Estamos juntos!

50 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page